Vereador Ronaldo Silva quer expulsão de Aécio do PSDB


Depois de acionar a justiça para impedir a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) de conceder um título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula, o vereador Ronaldo Silva (PSDB) agora se volta contra aquele que foi o maior líder do seu partido: o senador Aécio Neves.
Denunciado na Operação Lava-Jato pelo empresário Joesley Batista, do Grupo J&F, pedindo R$ 2 milhões de propina para tentar barrar a Lava-Jato, Aécio conseguiu se livrar da cassação do mandato graças a uma manobra dos seus pares no Senado. Mas Ronaldo Silva não está convencido de sua inocência e quer a expulsão do parlamentar do PSDB. Ele até já enviou ofício ao presidente nacional do partido, Tasso Jereissati.
O envolvimento do maior representante do partido não denota confiança ou postura idônea de liderança, o que envergonha a legenda partidária nesse momento tão delicado da democracia brasileira, pois o povo precisa de uma base sólida representativa para voltar a acreditar no progresso do Brasil”, justifica o vereador. “Com a voz de diretoriano, vice-presidente e delegado do PSDB de Petrolina, vereador eleito pelo povo e, principalmente, como cidadão que foi às ruas lutar contra a corrupção generalizada hoje em nossa política, peço que as devidas providências sejam tomadas”, completou Ronaldo.

Blog do Carlos Britto 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..