Detentos do Presídio Federal fazem greve de fome em ato nacional


O Ministério da Justiça confirmou hoje que detentos do Presídio Federal em Campo Grande e de outras duas unidades (Catanduvas – PR e Mossoró – RN) fazem greve de fome como forma de protesto. Ao todo, 112 presos recusaram-se a receber alimentação.
“Eles dizem que procedem deste modo por serem contra a ‘opressão do sistema penitenciário federal’. Cabe ressaltar que os presos que estão no sistema penitenciário federal não sofrem nenhum tipo de opressão”, informou nota do ministério, divulgada pela revista Veja hoje pela manhã.
No Brasil, 34 presídios estaduais e federais, em sete estados, registram algum tipo de movimento promovido pelos presidiários. Em alguns casos há rebeliões violentas, como é o caso de Cascavel (PR), onde dois detentos foram assassinados e três agentes penitenciários foram mantidos reféns. Os servidores foram liberados ao longo de sexta-feira (10) e o último, hoje pela manhã.
A Veja informou que em Mato Grosso, Acre e Pará os governos ligaram os atos a ordens de facções criminosas.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..