Gabriel Menezes fortalece discurso sobre fim do Nova Semente: 'a verdade dói'


Após a aprovação do Projeto de Lei do Executivo 028/2017, que trata sobre o Criança Feliz, programa do Governo Federal com a inclusão de 900 famílias de Petrolina, o vereador Gabriel Menezes fez uma provocação nas redes sociais e acusou o prefeito Miguel Coelho de tentar pôr um fim no maior programa de educação infantil municipal. “O Nova Semente acaba de ter a sua sentença de morte aprovada. Um projeto de Miguel Coelho aprovado pela bancada de vereadores de situação é uma certeza que o Nova Semente será encerrado pelo Prefeito”, explicou na gravação.
Em nota, a Prefeitura de Petrolina afirmou que o parlamentar “dissemina informações que não condizem com a realidade e atestam a sua falta de cuidado e compromisso com o povo e com o mandato”. De acordo com o texto, “o Criança Feliz é uma política de assistência social, não de educação e que a solicitação de crédito suplementar à Câmara é necessária para que o município receba as verbas federais, por força do princípio da legalidade das despesas previstas em Lei. Em tempo, para deixar mais claro, Petrolina não terá ônus financeiro com o programa, nenhum centavo sairá dos cofres municipais”, diz a nota.

Entretanto, o vereador Gabriel Menezes fortaleceu o discurso e afirmou que o Projeto de Lei apresentado pelo executivo é um artifício para o fim do programa que foi implantado pelo ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB). “Faltou decência do governo para admitir que não se desmente a verdade. A verdade é que o Nova Semente, que ele prometeu que ampliaria e vem fazendo o contrário, vai acabar. Mantenho a informação. Isso aqui é uma pegadinha”, afirmou.
Sobre um possível erro de interpretação do que diz o projeto, ele explica a respeito do entendimento que tem do escrito e crítica Miguel Coelho. “O prefeito não se dedicou às aulas de redação porque o projeto diz que se trata de um projeto do Governo Federal, mas todos que afirmaram o contrário nem leram o projeto. Eu quero dizer que o programa não tem nada a ver com creche, mas a mensagem que o prefeito manda à Câmara diz que melhorará a educação infantil. E qual é o equipamento que o pai e mãe precisam para deixar os seus filhos quando saem para trabalhar? Eu acredito que é creche. Não é um erro de interpretação e eu voto de acordo com o meu entendimento”, destacou.
Depois da especulação feita na semana passada, o parlamentar tem sido criticado por políticos e outras lideranças. Entretanto, Gabriel Menezes disse estar feliz com a repercussão e taxou alguns manifestantes como bajuladores. “Apesar das ofensas que recebi dos bajuladores do governo a mando do prefeito, com tudo isso fiquei feliz pela dimensão que isso teve porque mostra que o Nova Semente é intocável porque ele é do povo de Petrolina”, disse.
O vereador Gabriel Menezes disse ainda que desde o início da gestão, Petrolina percebeu o tratamento totalmente inverso ao prometido, com relação ao Nova Semente, destacando que o prefeito prometeu melhorar o programa, fechou unidades, diminuiu 1500 vagas e demitiu 100% das sementeiras. “Isso mostra uma insensibilidade do prefeito municipal. A verdade dói. A nota diz que eu estou brincando com o emprego das pessoas. Mas, quem mentiu? ”, concluiu.

Nossa Voz

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..