Petrolina: moradores de rua têm vidas transformadas através da música no Centro Pop


Um projeto desenvolvido pela prefeitura, no Centro Pop, tem dado a vários moradores de rua a oportunidade não só de aprender a tocar instrumentos, mas também de retornar ao convívio social.
Batizado de ‘Batuque Social’, o projeto vem reunindo mais de 15 usuários do Centro Pop que participam das oficinas de música três vezes por semana. Além das aulas, os beneficiários também aprenderão a confeccionar seus próprios instrumentos com materiais recicláveis.
Implantado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, a iniciativa já apresentou resultados positivos aumentando o tempo de permanência dos usuários dentro do equipamento social. A psicóloga e gerente da unidade, Laise Macedo, lembra que os momentos de socialização proporcionados durante as oficinas são fundamentais para resgatar as pessoas da situação de rua.
“Quanto mais tempo eles permanecem aqui, acompanhados e em momentos de interação, maior será a possibilidade de resgate social. Estas oficinas fazem parte de um trabalho humanizado que foi implantado aqui no Centro Pop, onde oferecemos as aulas de música, sessão de cinema e diversas outras atividades para incentivar o talento deles”, explica.
Ressocialização
Também fazem parte do trabalho de ressocialização, a oferta de oficinas de artesanato, confecção de sabonetes e aulas de violão. Assistido no Centro Pop, Nascimento José de Lima, elogia o atendimento recebido no local.
“Depois que eu vim aqui para o Centro Pop realmente mudou minha vida. Todo mundo me trata como se eu fosse uma pessoa da família, eu respeito todo mundo e vejo que também sou considerado, é muito bom”, disse.
O Centro Pop funciona na Rua Padre Fraga, nº 395, centro de Petrolina. No local, as pessoas em situação de rua tomam café da manhã e também recebem fichas diárias para almoço e jantar no Restaurante Popular.
O equipamento, que funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, também disponibiliza local para banho e lavagem de roupas, doação de roupas e serviços  como cadastramento para o programa Bolsa Família além de orientação para a recuperação de dependentes químicos, caso seja necessário. 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..