Polícia Civil de Juazeiro prende homem que matou professor com golpes de facão para roubar R$ 20 mil


Um homem acusado de assassinar um professor em Jeremoabo, no norte da Bahia, foi preso pela Polícia Civil (PC) em Juazeiro. O crime ocorreu no dia 15 de novembro, quando Dionatan Matias de Oliveira desferiu vários golpes de facão contra a vítima, Edilson Teixeira de Sá, de 47 anos. A investigação realizada pela Delegacia Territorial (DT), de Jeremoabo, revelou que o objetivo de Dionatan era roubar uma quantia de R$ 20 mil, que estaria guardada na casa do professor.
Nem o dinheiro e muito menos uma motocicleta, que também pertencia ao professor, e foi levada por Dionatan, foram encontrados ainda. Depois de cometer o crime, o latrocida, de acordo com a investigação, esteve escondido nas cidades de Cabrobó e Santa Maria da Boa Vista (PE), ambas no Sertão do São Francisco.
O monitoramento, porém, que estava sendo feito revelou aos policiais que Dionatan estaria retornando a Juazeiro. Uma operação de vigilância nas paradas de ônibus daquela região à cidade baiana foi montada, culminando com sua prisão. Conduzido ao Complexo Policial de Juazeiro, Dionatan foi ouvido e, em seguida, encaminhado para a audiência de custódia com o juiz.
Blog do Carlos Britto 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..