Secretária comemora melhorias na rede municipal de saúde em Petrolina


Na manhã de hoje (29) a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque apresentou um diagnóstico da sua gestão, na rede municipal saúde de Petrolina. Os números apresentados revelam o antes e depois.
Em junho, a secretária esteve na Câmara de Vereadores e apresentou um relatório do 1º quadrimestre de 2017, onde revelou as condições em que a rede estava quando tomou posse. Na apresentação de hoje, ela comemorou as melhorias alcançadas.
Entre os pontos citados está a reforma de 36 unidades de saúde (UBS/AMEs), redução nas filas de agendamento de consultas, redução no número de mortes no trânsito, retomada das cirurgias eletivas, diminuição do índice de mortalidade infantil e redução dos casos de dengue.
Inicialmente os problemas apresentados estavam no sucateamento de veículos, farmácias com estoque comprometido, unidades de saúde com problemas estruturais, setor de endemias sem manutenção, além de outros problemas estruturais.
“Quando chegamos na secretaria e nos deparamos com todos estes problemas, a gente realmente teve que sentar com a equipe e resolver por onde começar. Como na saúde tudo é urgente e entendemos que foi criada uma expectativa muito grade com a gestão de Miguel. Todo mundo querendo que tudo fosse resolvido de forma imediata. Nós não temos uma varinha de condão, então estabelecemos as prioridades. Matamos um leão por dia, para poder apresentar algum resultado para a população”, explicou Magnilde.
Os números apresentados revelam que entre janeiro e julho, 390.022 atendimentos foram realizados nas Unidades de Saúde da Família.  Este número inclui 21.876 consultas odontológicas.
“Eu tenho certeza que o resultado é uma grande vitória, a partir de agora que resolvemos as coisas mais urgentes podemos planejar, antes nem tínhamos tempo para isso”, concluiu a secretária. 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..