Sem água há quase um mês, moradores de Dormentes perdem paciência com a Compesa


Sofrendo pela constante falta d’água há mais de 22 dias, a população de Dormentes (PE), no Sertão do São Francisco, perdeu de vez a paciência com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Segundo relatos de alguns moradores feitos ao Blog, apenas por dois dias houve água regular nas torneiras.
Enquanto isso, a comunidade continua penando à base de carro-pipa. Isso para quem tem alguma condição financeira de bancar o serviço. Se a água for trazida do açude, o valor do pipa é de R$ 20,00 para mil litros; se for do Rio São Francisco, dobra: R$ 40,00 para a mesma carrada. Quem não tem dinheiro, não pode comprar o líquido e passa por dificuldades.
Virou cena comum na cidade um morador tomar banho ou cozinhar na casa do outro. Uma situação que beira a humilhação.
Por sua vez a Compesa e autoridades públicas do município se calam convenientemente, deixando o povo à mercê da sorte. Até porque a Compesa teria avisado que a água só chegará às torneiras de Dormentes na próxima semana. E haja sofrimento. Com a palavra, as autoridades competentes. (Foto/arquivo)

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..