Contas de Julio Lossio podem ser votadas antes do recesso parlamentar e movimenta Câmara de Vereadores de Petrolina - Blog Petrolina em Destaque

13 de dez de 2017

Contas de Julio Lossio podem ser votadas antes do recesso parlamentar e movimenta Câmara de Vereadores de Petrolina


As contas do ex-prefeito Julio Lóssio podem ser votadas antes do recesso parlamentar na Câmara de Vereadores de Petrolina. A informação foi confirmada pelo presidente da comissão de finanças Ronaldo Silva.
Ele ainda revelou à nossa reportagem que diante da indisponibilidade do ex-prefeito em assinar o documento dando ciência da tramitação do processo nas comissões parlamentares competentes, a notificação foi feita através do diário oficial do município.
E com toda essa expectativa, duas informações de bastidores estão fervendo a tramitação desse parecer que está sendo finalizado pela Comissão de Finanças da Câmara de Petrolina.
A primeira dá conta de que o prefeito de Petrolina Miguel Coelho está constantemente se reunindo com os vereadores da sua base e cobrando a adesão dos parlamentares à rejeição das contas de Julio Lóssio. Tal posicionamento tem causado desconforto aos vereadores que estão em cima do muro e não declararam abertamente de lado estão na Casa Plínio Amorim, a exemplo do vereador Elismar Gonçalves.
Para a rejeição é necessário angariar 16 votos, ou seja, maioria absoluta da casa que precisa ir de encontro ao parecer do Tribunal de Contas do Estado que aprovou as contas de Lóssio com ressalvas.
E a segunda informação bombástica diz respeito aos vereadores situacionistas Ruy Wanderley e Edilsão do Trânsito. Os dois estariam emplacando uma licença da Câmara Municipal justamente para não participar dessa votação jogando o abacaxi nas mãos dos seus suplentes.
Questionado se estaria insatisfeito com o prefeito Miguel Coelho, Ruy limitou-se a responder apenas isso aí: “Quando tem alguma coisa me incomodando, eu vou direto no prefeito e falo”, limitou-se.
Para bom entendedor, meias palavras bastam! 
Karine Paixão Grande Rio FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações