Miguel Coelho diz que os assessores na Câmara, auxiliam para que não sejam apresentados projetos sem sentido


Avaliando a disputa de ego dos vereadores da situação na Casa Plínio Amorim, prefeito Miguel Coelho alegou que a situação e a oposição precisam se entender.
“A Câmara é autônima e independente, continuou defendendo que não podemos interferir nos assuntos do Legislativo”, disse.
Sobre a presença de assessores no plenário, Miguel Coelho diz que eles cumprem o papel de auxiliar os trabalhos do Poder Legislativo.
“Primeiramente eles informam sobre os projetos e auxiliam para que não sejam apresentados projetos sem sentido para que nada dê errado para não burocratizar os processos, não é possível que ainda não aceitem representantes do Executivo no Legislativo”, concluiu o prefeito.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..