Abrigo de Petrolina registra aumento no número de adoções de crianças


A quantidade de crianças que ganharam um novo lar cresceu no último ano, em Petrolina. Exemplo disso foi o aumento no número de adoções registradas na Casa Anjo, instituição conveniada à prefeitura. Depois de dois anos sem efetivar adoções, o abrigo comemora o crescimento das famílias que decidiram adotar.
Segundo levantamento da instituição, nos anos de 2015 e 2016, nenhum caso de adoção foi registrado no abrigo, mas a situação mudou em 2017 quando cinco crianças assistidas na unidade ganharam uma nova família.
Para a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Petrolina, Kátia Carvalho, as adoções representam uma conquista importante das instituições que prestam assistência às crianças em situação de vulnerabilidade social na cidade.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..