Agricultores de Petrolina são orientados sobre cadastramento no PAA e PNAE - Blog Petrolina em Destaque

23 de fev de 2018

Agricultores de Petrolina são orientados sobre cadastramento no PAA e PNAE


O Sindicato dos Agricultores Familiares de Petrolina (Sintraf) está realizando uma campanha de orientação para os produtores interessados em participar do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), executados pela prefeitura. Durante reuniões promovidas junto à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, na zona rural, ou na sede da própria entidade, os agricultores têm recebido esclarecimentos sobre as documentações necessárias, modelo da proposta de venda e os ritos do cadastramento.
De acordo com a secretária de Políticas Agrícolas do sindicato, Eliete Ferreira, quem desejar se cadastrar no PAA e PNAE precisa da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), das documentações pessoais e da terra. Para Eliete, vários agricultores do município encontram dificuldades para participar dos programas por não estarem com as documentações em dias ou por falta de informações.
A prefeitura lança uma demanda por mel e banana, por exemplo, mas ela não tem o mapeamento dos agricultores familiares que os produzem, e os produtores, na maioria das vezes, não tomam conhecimento dessas demandas. Então, nós estamos fazendo essa ponte, ficamos atentos às necessidades alimentares do município e, quando surgem, informamos aos produtores do alimento demandado”, explica.
Na última semana, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário de Petrolina iniciou uma série de reuniões com os agricultores com o objetivo de orientá-los sobre a compra direta de produtos da agricultura familiar para a merenda escolar e outras instituições da prefeitura. Segundo a representante do Sintraf, a entidade está auxiliando os produtores a estarem habilitados para o PAA e PNAE. “Eles têm que provar por A mais B que realmente são agricultores familiares e nós, como sindicato, estamos os ajudando nesse processo”, conclui Eliete. (fonte/foto: Ascom Sintraf)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações