Senador Fernando Bezerra é escolhido para ser titular da CPI dos cartões de crédito - Blog Petrolina em Destaque

12 de abr de 2018

Senador Fernando Bezerra é escolhido para ser titular da CPI dos cartões de crédito



Brasília, 12/04/18 – O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) foi escolhido para compor, como integrante titular, a nova Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Cartões de Crédito. A composição da CPI, que vai atuar no âmbito do Senado para investigar os juros cobrados pelas operadoras, foi lida na noite desta quarta-feira (11), no Plenário da Casa. A escolha de Fernando Bezerra para o colegiado é resultado da atuação do senador junto à alta cúpula do governo federal para que as taxas dos cartões sejam efetivamente reduzidas no país.

“Apesar dos esforços do Executivo para diminuir este custo, os juros cobrados pelas operadoras de cartões continuam muito altos, próximas a 300% ao ano”, afirma Bezerra Coelho. “Não há justificativas para serem maiores que 100% ao ano. Estes índices atingem a classe média e os assalariados e afetam diretamente a produtividade e a economia”, reforça o vice-líder do governo no Senado, ao observar que a taxa básica de juros (Selic) encontra-se no menor percentual desde 1986 (6,5% ao ano) e a inflação registra o menor índice em 24 anos (saindo de mais de 10%, em 1994, e chegando atualmente a 2,68%).



Análises como estas foram feitas publicamente pelo senador, na última terça-feira (10), ao presidente do Banco Central (Bacen), Ilan Goldfajn. Durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado com o dirigente do Bacen, Fernando Bezerra fez um apelo para que o banco reduza “de forma sensível” tantos os juros do cartão de crédito como os do cheque especial.

O senador ainda defendeu, a Goldfjan, que o Bacen estimule a concorrência bancária no país. Tal medida, na avalição do vice-líder, resultará na queda de taxas e serviços cobrados pelos bancos, facilitando o crédito e aquecendo a economia.

Esta foi a segunda vez, em menos de 15 dias, que Fernando Bezerra Coelho defendeu – a líderes do Executivo federal – o nivelamento de juros cobrados no Brasil a taxas praticadas em outros países. No último dia 27, também na CAE do Senado, o vice-líder pontuou ao ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha, que os juros incidentes sobre o cartão de crédito e o cheque especial “ainda são absurdos”, mesmo tendo sido reduzidos, pelo atual governo, de mais de 400% para próximo de 300% ao ano.



Sugerida pelo senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), a CPI dos cartões de crédito terá como integrantes titulares, além do autor da proposta e de Fernando Bezerra, os senadores Romero Jucá (PMDB-RR), Lindbergh Farias (PT-RJ), Wilder Morais (PP-GO), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Eduardo Lopes (PRB-RJ). Os suplentes da CPI serão os senadores Dário Berger (PMDB-SC), Regina Sousa (PT-PI) e Lasier Martins (PSD-RS).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..