Famílias da região do Pontal são obrigadas a deixar área após reintegração de posse - Blog Petrolina em Destaque

9 de mai de 2018

Famílias da região do Pontal são obrigadas a deixar área após reintegração de posse



Uma ação de reintegração de posse, nas primeiras horas da manhã de hoje (8), resultou na desocupação de milhares de famílias de pequenos agricultores dos Assentamentos Democracia e Dom Tomaz, ligados ao Movimento dos trabalhadores Sem Terra (MST), na região do Pontal. A medida foi acatada pela justiça após a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf alegar que a área é de propriedade do governo federal.

As famílias deveriam ter deixado o local no final de fevereiro deste ano, após o prazo determinado pela justiça (em dezembro de 2017). Decididos a permanecer, os agricultores foram forçados a sair após a justiça autorizar a cortar a água do Pontal que abastece o projeto. As famílias também tiveram o fornecimento de energia suspenso.

Acompanhado por policiais federais e militares, um oficial de justiça levou o mandado de reintegração de posse, mas os agricultores mostraram resistência. O clima chegou a ficar tenso os agricultores acusarem a polícia de ter jogado sprays de pimenta. Um vídeo do qual este Blog teve acesso mostra o momento em que as máquinas começam a destruir as casas dos assentamentos.

As famílias aguardam uma definição das autoridades públicas, sobretudo do Instituto Nacional de Reforma Agrária (Incra), em relação a uma nova área para onde irão. Os agricultores reivindicam uma área definitiva, e não provisória. Blog do Carlos Britto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações