Mobilização de mães lota plenário da Casa Plínio Amorim e discursos miram HDM: “Matadouro” - Blog Petrolina em Destaque

10 de mai de 2018

Mobilização de mães lota plenário da Casa Plínio Amorim e discursos miram HDM: “Matadouro”



O plenário da Casa Plínio Amorim ficou lotado na manhã de hoje (10), por conta da mobilização de um grupo de mães que saíram às ruas de Petrolina para reivindicar melhorias no Hospital Dom Malan (HDM), gerido pelo Imip.

O ato público também contou com a presença de vários líderes comunitários da cidade. Uniformizados com a Campanha ‘Sou Mãe, Tenho Medo’, o grupo saiu da Praça da 21 de Setembro, seguindo até o HDM. A direção do hospital, no entanto, não recebeu as manifestantes.

De lá as mulheres foram até o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), onde devem entregar posteriormente um documento sobre os problemas que vêm denunciando no hospital.

Em seguida o grupo foi à Câmara de Vereadores. O presidente da Mesa Diretora, Osório Siqueira (PSB), abriu espaço na sessão plenária para as manifestantes. Uma das que falaram foi Enileide Carvalho da Silva, mãe da jovem Miliam Carvalho da Silva, de 15 anos, que morreu semana passada nas dependências do HDM, com cinco meses de gravidez.

Visivelmente emocionada, Elineide reforçou que houve “negligência médica” no atendimento à jovem. “O Dom Malan se transformou num matadouro. Estão matando nossas filhas. Não podemos mais permitir que isso continue a acontecer”, desabafou.

Críticas

Nos demais discursos que se seguiram, sobraram críticas duras ao Governo de Pernambuco, em especial à gestão de Paulo Câmara, que havia prometido em campanha (há quatro anos) um Hospital da Mulher para Petrolina. Também ficou decidida a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai apurar os problemas ocorridos na unidade hospitalar. O requerimento foi do vereador Ronaldo Cancão (PTB), que foi aprovado na semana passada por 16 votos contra dois. Mais detalhes pelas próximas horas. Informações do Blog do Carlos Britto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações