Compesa deve deixar de ser responsável pelo saneamento de Petrolina - Blog Petrolina em Destaque

12 de jun de 2018

Compesa deve deixar de ser responsável pelo saneamento de Petrolina


Durante evento da chapa de oposição ‘Pernambuco quer Mudar’, nessa segunda-feira (11), o prefeito de Petrolina Miguel Coelho (PSB) falou sobre a municipalização do serviço de saneamento e esgoto na cidade, que é, atualmente, de responsabilidade da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).
Com problemas diários de falta d’água, canos estourados e esgotos a céu aberto, a Compesa não consegue realizar uma boa administração do serviço no município. Diariamente, grande parte da população tem alguma reclamação a ser feita.
De acordo com o chefe do Executivo municipal, os estudos de concessão já foram realizados, contudo, será contratada uma banca de avaliação terceirizada para que seja elaborado um laudo determinando qual empresa deverá realizar o estudo da rede de água e esgoto na cidade.
“Já lançamos o processo de licitação, uma PPP (Participação Pública e Privada). Recebemos os estudos de viabilidade em torno de 15 a 20 dias, e o corpo técnico da prefeitura está estudando. Estamos contratando uma banca terceirizada, que está entre a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a Fundação Instituto de Administração da USP (FIA), para fazer uma auditoria sem a participação da prefeita, até para dar legitimidade a esse processo e maior isenção. Em meados de agosto ou setembro estaremos publicando o edital da licitação. Contados isso, são mais 45 para as propostas”, afirmou Miguel.
Com informações do JC Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações