Eleição que definiu nova diretoria de associação comunitária no João de Deus pode virar caso de justiça - Blog Petrolina em Destaque

18 de jun de 2018

Eleição que definiu nova diretoria de associação comunitária no João de Deus pode virar caso de justiça


A eleição que escolheu a nova diretoria da associação comunitária do Bairro João de Deus, zona oeste de Petrolina, no dia de ontem (17), poderá parar na justiça. O motivo é que o pleito teria ‘passado por cima’ do atual presidente da entidade, Manoel Eugênio, o qual havia sido eleito para o cargo em 2016.

Segundo informações repassadas ao Blog, a polêmica se deve ao fato de que o ex-vice-presidente da associação, Milton Macedo, foi denunciado pelo sumiço do livro de atas da entidade. A antecessora de Eugênio, Patrícia de Souza Silva, fez uma ata informando que o livro havia sumido.

Eugênio, então, ficou esperando que o livro aparecesse, o que não aconteceu. Ele já está no final do mandato, que é de dois anos. Patrícia, por sua vez, verificou na Receita Federal que o CNPJ da associação permanecia em seu CPF. Baseada nesse fato, ela decidiu convocar a eleição por entender que ainda era a presidente, mesmo após ter cumprido seu biênio.

O atual presidente, porém, entrou com uma ação na justiça comprovando que foi eleito legitimamente para o cargo. Ontem o presidente eleito Carlos Enfermeiro (foto), que obteve 725 votos válidos, destacou o fato histórico para o bairro, que mobilizou 1.013 moradores no pleito. Mas a atual presidência da associação já fala em um novo pleito, por considerar que o de ontem não teve validade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações