Garota virgem engravida após tomar vacina contra febre amarela (gripe), novo boato das redes sociais - Blog Petrolina em Destaque

10 de jun de 2018

Garota virgem engravida após tomar vacina contra febre amarela (gripe), novo boato das redes sociais



Boato – Uma adolescente de 16 anos da cidade de Marabá (Pará) engravidou após tomar uma dose da vacina contra febre amarela. Garota era virgem. Outro caso aconteceu com uma menina virgem de 14 anos que tomou a vacina da gripe.

Quem acompanha o Boatos.org sabe que um dos alvos prediletos das teorias da conspiração de plantão são as vacinas. Já desmentimos acusações de quase todos os tipos como, por exemplo, esse vídeo que faz um compilado de muito que já se falou sobre elas (que causam microcefalia, esterilidade e que fazem parte de um plano para diminuir a população mundial).
Não tínhamos falado ainda de vacina causar gravidez. Para “compensar” isso, dois casos apareceram na internet. Uma notícia publicada por um blog “daqueles” dava conta de que uma jovem de 16 anos engravidou na cidade de Marabá (Pará) após tomar uma vacina contra febre amarela. De acordo com a “notícia”, a menina teria dito que era virgem e a cidade havia ficado em polvorosa. Leia:

Vacina da Febre Amarela engravida Noiva Em Marabá e deixa cidade em pânico Este é o primeiro caso de gravidez causada por uma vacina no Brasil. O caso aconteceu em Marabá, PA. Uma adolescente de 16 anos, ainda virgem (segundo ela), afirma ter ficado grávida depois que tomou uma vacina contra Febre amarela. […]

O noivo afirmou que nunca teve relação sexual com a garota, e sempre que tentava ela dizia que só ia liberar depois do casamento e que estava se guardando para “jesus”. […] O Ministério da Saúde não tem, ainda, um plano para combater a proliferação desse tipo de espermatozoide. O caso da adolescente não mobilizou o governo. Em nota, a Secretaria de Saúde de Marabá afirma que a jovem está querendo criar uma lenda […]

Se você acha que esta foi a única história sobre vacinas e gravidez que surgiu na internet, se engana. Um pouco antes do “caso de Marabá”, apareceu na internet uma história apontava que uma jovem de 14 anos teria ficado grávida após tomar uma vacina contra gripe. A história também foi publicada em um “blog daqueles”. Leia:


Adolescente virgem de 14 anos relata que ficou grávida após tomar vacina contra gripe Uma estudante de 14 anos sofreu graves complicações depois de uma vacina contra a gripe supostamente deixou a jovem terrivelmente doente e com dores severas, até que o médico de família finalmente percebeu semanas depois, ela havia sido impregnada pela vacina, relata o Forth Vale o telegrama esta semana. […]

A jovem e sua família decidiram manter o bebê, independentemente da situação atípica. “Somos cristãos devotos. Se Deus fez esse nascimento possível, então quem somos nós para julgar o como ou o porquê? ”Ela pondera. “Se José e Maria não tivessem dado à luz a nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, onde seria a humanidade hoje?”. […]

Garota virgem engravida após tomar vacina contra febre amarela (gripe)?

Caramba! Já pensou se inventassem uma vacina para engravidar (puxa, até veio um trocadilho na minha cabeça para o nome da vacina, mas ele é tão ruim que vou poupar vocês)? Se você acha possível que as moças tenham engravidado ou mesmo alguma delas tenha “dado um caô”, saiba que as duas histórias são falsas. Vamos aos fatos.

Vamos falar história por história. Primeiro a do Pará. A fonte da informação já entrega a farsa. O site que publicou a informação só cria notícias falsas (e não avisa que elas são falsas). Já desmentimos boatos de lá como o que falava que o STF havia autorizado o monitoramento do WhatsApp e a que o pastor Marco Feliciano havia pedido a prisão do homem que posou nu em exposição. Ou seja: a fonte não é das mais confiáveis.

Junte isso ao fato de que nenhum veículo de mídia deu a informação. Imagine uma história dessa no Discovery (ou no Ratinho)? O boato cai por terra ao percebemos que a imagem é de uma situação completamente diferente. Na verdade, a foto usada na matéria é de um vídeo adulto. Desnecessário dizer que vacinas contra a febre amarela não engravidam.

Sobre o segundo caso, a explicação é muito parecida. O site que publicou a notícia no Brasil também é uma página que só publica fake news. E o caso da jovem que engravidou com a vacina da gripe nada mais é do que uma tradução de uma notícia do site World News Daily Report. Detalhe: o site gringo é assumidamente de notícias falsas. Desnecessário também dizer que vacina contra gripe não engravidam.

Resumindo: a história que aponta que uma moça engravidou em Marabá (ou inventou que engravidou em Marabá) após tomar uma vacina contra febre amarela é falsa. A história da moça que engravidou após tomar uma vacina contra a gripe também não é real. São duas notícias falsas que circulam na internet.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações