Servidor presta queixa após ser chamado de ‘chimpanzé’ em grupo de WhatsApp, em Sobradinho - Blog Petrolina em Destaque

19 de jun de 2018

Servidor presta queixa após ser chamado de ‘chimpanzé’ em grupo de WhatsApp, em Sobradinho



Um servidor público do município de Sobradinho, no norte da Bahia, denunciou à polícia ter sido vítima de injúria racial após ser chamado de ‘chimpanzé’ em uma rede social depois de compartilhar um vídeo dele feito para a campanha “Que Brasil você quer para o futuro?”, da TV Globo.

Alexsandro Lima disse que a ofensa contra ele ocorreu depois que ele divulgou o vídeo em um grupo do WhatsApp. “Um dia após ter gravado o vídeo, eu recebi de minha filha um print que um cidadão tinha feito com o comentário racista. Ele colocou: ‘Esse chimpanzé deveria estar na jaula‘”, disse.

O advogado de Alexsandro, Kaique Alves, diz que ele foi vítima de um crime previsto no código penal. “Consiste basicamente em utilizar de elementos como raça, cor, origem, religião, inclusive a própria condição do indivíduo enquanto idoso e portador de deficiência. Em geral, se trata de atribuir palavras depreciativas a determinada qualidade do indivíduo“.

Queixa

Alexsandro prestou queixa na delegacia da Polícia Civil, que já identificou o suspeito, chamado de Clênio Rodrigues, de 27 anos. Ele também é morador de Sobradinho. O jovem deve prestar depoimento sobre o caso nesta terça-feira (19). A reportagem da TV São Francisco tentou falar com o suspeito, mas não obteve êxito.

“Eu espero que a justiça seja feita e que isso não aconteça mais. A Bahia é um estado onde existe muitas pessoas de cor, mas nem por isso devemos discriminar ninguém“, finaliza Alexsandro. (Com informações do G1-BA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações