Estratégia escolhida por Paulo Câmara expõe a fragilidade de sua reeleição - Blog Petrolina em Destaque

19 de jul de 2018

Estratégia escolhida por Paulo Câmara expõe a fragilidade de sua reeleição


Os esforços que o governador Paulo Câmara tem concentrado para levar o PT para o seu palanque com o objetivo de impedir a candidatura de Marília Arraes ao Governo do Estado, não tem servido para outra coisa senão para passar o quão frágil e inseguro é o seu projeto de reeleição. A imagem que toda esta movimentação tem passado é a de que o seu sucesso nas urnas depende exclusivamente da saída de Marília do páreo. O mais novo levantamento do Instituto Datamétrica, divulgado ontem, mostrou que a estratégia escolhida pelo PSB, ainda que seja alcançada, tenderá a não surtir o efeito esperado pelo Palácio tudo porque a migração dos votos de Marília é maior para Armando Monteiro (PTB).
Com um sentimento de insegurança quanto à competitividade de sua candidatura contaminando toda a sua base de apoio, o governador Paulo Câmara tem grandes chances de vivenciar na eleição de 2018 o que aconteceu com Mendonça Filho em 2006, quando houve uma debandada de lideranças a medida que a eleição se aproximava. Na época Mendonça disputou contra dois candidatos competitivos e acabou perdendo a eleição no segundo turno. Porém, diferente de Mendonça Filho, que em 2006 contava com um padrinho forte e com um governo bem aprovado, Paulo está sozinho e com um governo amargando índices nada satisfatórios de reprovação popular.
Carta na manga – O nome do vereador recifense Fred Ferreira para vice de Armando Monteiro já é visto como opção para impulsionara a votação do petebista não apenas na Região Metropolitana, mas também entre os evangélicos. Vale lembrar também que o seguimento evangélico também é muito forte na Zona da Mata, região onde Armando Monteiro precisa de um reforço.
Senado 1 – Apesar de aparecer em terceiro lugar na disputa pelo Senado, Mendonça Filho tem tudo para figurar na primeira colocação ao final do processo. Além do apoio de prefeitos e lideranças ligadas ao bloco de oposição liderado por Armando, Mendonça conta com o comprometimento de boa parte dos prefeitos pertencentes a partidos da Frente Popular.

Senado – Por sua vez, embora o senador Humberto Costa figure bem na pesquisa, com apenas um ponto percentual a frente de Mendonça, dificilmente ele conseguirá manter-se nesta colocação, pois falta-lhe a estrutura necessária nos municípios para levar os votos para urna. Além disso, deverá não contar com boa parte dos militantes do PT simpatizantes da candidatura de Marília Arraes, uma vez que debitam na conta dele o avanço das conversas entre o PT e PSB para tirar dela o direito de concorrer ao Governo do Estado.
Senado 3 – Já Jarbas Vasconcelos, caso não perca o comando do MDB para Fernando Bezerra Coelho, tem tudo para ser eleito mais uma vez para o Senado.
Ampliando as bases – Bem posicionado na Mata Norte, onde conta com apoios em vários municípios, entre eles Paudalho e Timbaúba, respectivamente o segundo e terceiro maiores colégios eleitorais da região, agora o pré-candidato a deputado federal Milton Coelho (PSB) finca os pés em Carpina, cidade com o maior número de eleitores da Mata Norte, fechando uma dobradinha com o pré-candidato a deputado estadual Diogo Prado (PSC). Com a base de apoios que está construindo Milton tem amplas chances de emplacar um mandato na Câmara Federal.

Evento – Depois de ter sido apresentado pelo deputado federal Marinaldo Rosendo no município de Timbaúba, o pré-candidato a deputado estadual Clóvis Paiva (PP) fará no próximo sábado (21) um grande evento em Ribeirão para apresentar Marinaldo aos seus eleitores. A dobradinha entre Clóvis e Marinaldo na Mata Norte e Sul deverá render a ambos uma boa quantidade de votos.
Em alta – O prefeito Tuparetama, Sávio Torres (PTB), está comemorando um levantamento feito pelo Instituto Múltipla que aponta a sua gestão com 69,5% de aprovação. Dos serviços prestados por seu Governo a Assistência Social, Saúde e Educação despontam como os mais aprovados pela população. Eleitor de Armando para governador, o prefeito Sávio Torres caminhará com Ricardo Teobaldo para federal e José Humberto para estadual.
Mudança de plano – Confirmando o que o Blog Ponto de Vista havia anunciado em primeira mão há algumas semanas atrás, o deputado estadual Odacir Amorim (PT) anunciou que não mais brigará por disputar o Governo do Estado pelo partido ou disputará a reeleição, mas sim um mandato na Câmara Federal.
Liberado – Enquanto a prefeita de Ipojuca, Célia Sales (PTB), caminhará para deputado federal com Ricardo Teobaldo (Podemos), o secretário de Habitação do município, Gaúcho, votará com Sílvio Costa Filho, presidente estadual do PRB, seu partido. Vale lembrar que lá atrás Sílvio Costa Filho foi peça chave para que Gaúcho retirasse por duas ocasiões a candidatura a prefeito para apoiar a candidatura de Romero Sales em 2016 e a de Célia em 2017.
Escrito por Wellington Ribeiro – E-mail: blogpontodevistape@mail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações