“Fake news” sobre investigações do Caso Beatriz incomodam, afirmam Lucinha e Sandro - Blog Petrolina em Destaque

31 de jul de 2018

“Fake news” sobre investigações do Caso Beatriz incomodam, afirmam Lucinha e Sandro



As investigações do Caso Beatriz mostraram avanços na semana passada, quando veio à tona a informação de que um mandado de prisão preventiva havia sido expedido contra um ex-prestador de serviço do Colégio Auxiliadora. A negativa da Justiça de Petrolina provocou reações, mas para os pais de Beatriz Angélica Mota, outras atitudes também incomodam.

Desde o início das investigações notícias falsas – as chamadas “fake news” – têm surgido e para Sandro Romilton, pai da garota, isso só gera falsa expectativa nos familiares. “

“Isso [divulgar a informação de que prenderam algum suspeito] não foi a primeira vez. Quantas vezes falaram que prenderam alguém em Lagoa Grande, lá no interior da Paraíba e a gente fica só na expectativa”, disse Sandro ao Blog Waldiney Passos.


Na semana passada houve um boato de que a delegada responsável pelo caso, Polyanna Neri havia sido afastada, mas a Polícia Civil negou. Informações sobre o andamento das investigações também foram divulgadas nas redes sociais e para Lucinha Mota, isso precisa ser apurado com seriedade.

“É algo muito preocupante porque desde a semana passada que vem saindo em redes sociais uma série de informações, inclusive sobre a prisão de Alisson. Isso vem sendo tratado já tem alguns meses, a gente já tinha essa informação sobre uma possível prisão preventiva dele. A gente teve o maior cuidado, nem os nossos advogados sabiam dessa informação. De repente vaza, ninguém sabe quem divulgou e fica por isso mesmo. É um inquérito sigiloso, de repente vaza e ninguém vai atrás?”, questionou Lucinha. Fonte Blog do Waldiney Passos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações