Mulher espera há cerca de 13 dias por retirada de feto morto, em Juazeiro (BA) - Blog Petrolina em Destaque

20 de jul de 2018

Mulher espera há cerca de 13 dias por retirada de feto morto, em Juazeiro (BA)



A redação do portal Preto No Branco acaba de receber uma grave denúncia, sobre um detenta do Conjunto Penal de Juazeiro-BA, de prenome Joseane, que está há cerca de 13 dias, com um feto morto em sua barriga.
“Durante uma consulta dentro do presídio, na última sexta-feira (13), não ouviram os batimentos cardíacos do bebê e ela foi encaminhada a Maternidade Municipal para fazer um exame de ultrassonografia. A criança estava morta e ela ficou internada na unidade”, relata a denúncia.
Ainda de acordo com as informações, apesar de constatada a morte fetal, até o momento a mulher, que estaria no quarto mês de gestação, não recebeu assistência adequada.
Na última segunda-feira (16), Josiane foi internada no Hospital da Mulher, esperando a retirada do feto morto.
“Isso é um absurdo. Essa situação coloca em risco a vida dessa mulher, que antes de tudo é um ser humano e deve ser respeitada”, finalizou a fonte do PNB.
Em resposta ao pedido de esclarecimento feito pela redação do PNB, a Secretaria de Saúde informou que “a paciente está sendo medicada para induzir a expulsão do feto morto, para em seguida ser realizada a curetagem”.
Veja nota na íntegra:
A Secretaria Municipal da Saúde informa que a paciente deu entrada na Maternidade na última segunda-feira, 16, com aborto tardio, a paciente estava com 16 semanas de gestação e desde o primeiro dia de internação a mesma vem sendo medicada para induzir a expulsão do feto morto, para em seguida ser realizada a curetagem. A curetagem direta não pode ser feita porquê o feto já possuía ossos e essa intervenção poderia acarretar riscos à paciente. A Secretaria Municipal da Saúde esclarece ainda que todas as medidas técnicas estão sendo tomadas para que ocorra a resolução do caso de forma positiva para a paciente.
Da Redação Portal Preto no Branco / Imagem da Internet 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações