Bastante aplaudido, corpo do ex-deputado Geraldo Coelho é sepultado em Petrolina (PE) - Blog Petrolina em Destaque

25 de ago de 2018

Bastante aplaudido, corpo do ex-deputado Geraldo Coelho é sepultado em Petrolina (PE)




Centenas de pessoas, entre familiares, amigos e admiradores, se despediram neste sábado (25) do ex-deputado Geraldo Coelho. Conhecido como o “Trator do Sertão”, o político faleceu na noite da sexta-feira (24), aos 92 anos, no Hospital Dom Tomás, em Petrolina, Sertão de Pernambuco. Ele estava internado tratando de uma pneumonia e morreu de insuficiência respiratória.

O corpo do ex-deputado foi velado na Câmara de Vereadores. A despedida na Casa Plínio Amorim começou às 8h30 e seguiu até as 15h. Após uma oração, o caixão foi colocado em uma viatura do Corpo de Bombeiros, dando início ao cortejo até a Catedral do Sagrado Coração de Jesus.

Assim como aconteceu na Câmara de Vereadores, a Catedral ficou lotada. A missa de corpo presente foi celebrada pelo Bispo Diocesano de Petrolina, Dom Francisco Canindé Palhano.

Carregado pelos filhos e sobrinhos, o caixão com o corpo de Geraldo Coelho chegou ao Cemitério Campos das Flores, no Centro de Petrolina, no final da tarde, recebendo muitos aplausos. O ex-deputado foi sepultado no mausóleu da família.


Geraldo Coelho morreu aos 92 anos (Foto: Divulgação )

História

Vereador, prefeito e deputado estadual por seis mandatos, Geraldo de Souza Coelho, falecido na noite da sexta-feira (24), aos 92 anos, construiu uma história política de lutas e conquistas que ajudaram no desenvolvimento do Sertão de Pernambuco. Nascido em Petrolina, no dia 5 de abril de 1926, o político, que ficou conhecido como o “Trator do Sertão” deixou o nome marcado na história da região.

Filho de Clementino de Souza Coelho e Josepha de Souza Coelho, Geraldo Coelho foi empresário, político e engenheiro civil. Casado com dona Maria de Lourdes Soares de Souza Coelho, teve sete filhos: Rodrigo, Flávio, Jorge, Ricardo, Tereza, Vitória, e Carlota.

A vida pública do “Trator do Sertão” começou como vereador de Petrolina, onde ocupou a presidência da Câmara municipal por duas vezes. Em 1973, elegeu-se prefeito da cidade, e ficou na gestão até 1977. Em 1986, Geraldo Coelho foi eleito deputado estadual pela primeira vez. Cumpriu seis mandatos. As informações são do G1 Petrolina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações