Boticário faz vídeo com família negra, recebe 17 mil dislikes e é alvo de críticas racistas - Blog Petrolina em Destaque

1 de ago de 2018

Boticário faz vídeo com família negra, recebe 17 mil dislikes e é alvo de críticas racistas


Um comercial narrado por um pai se gabando sobre seu relacionamento com os filhos e como eles “amam as suas brincadeiras”, contraposto por imagens que mostram que ele não é tão engraçado assim. Um pai meio “tio do pavê”, que dança desajeitado com a filha e tira sarro das namoradinhas do filho adolescente. A voz de criança finaliza a peça publicitária: “às vezes, ser pai é a coisa mais difícil do mundo, mas vale cada tentativa. Dia dos Pais merece presente“.
Comercial fofo, bonitinho e com uma narrativa comum na época que antecede o Dia dos Pais (12 de agosto). A única diferença para a maioria dos anúncios de perfume é que a família retratada no comercial é negra.
Publicado no último dia 26, o comercial já teve mais de 17 mil “deslikes” e 85 mil curtidas. O número de reações negativas foi acompanhado por comentários racistas que criticaram a presença só de negros no comercial.
“Pouco criativa e racista. Vamos misturar essa família aí“, diz um comentário. “O Boticário só fabrica perfume para afros? Acho que estou usando a marca errada“, afirma outro. “Ué. Nem pra colocar pelo menos a empregada branca em, (sic) faltou diversidade. Racismo inverso existe, isso é a prova“, escreveu um usuário.
“É tanto vitimismo que acham que os deslikes são racismo, quero ver um vídeo nesse YouTube que não tem deslike“, dizia um dos poucos comentários recentes e que criticava os outros comentaristas.
No Twitter, um usuário perguntou se o Boticário também iria fazer uma propaganda só com índios. Assim como as 85 mil reações positivas, a grande maioria dos comentários enaltece a marca e o vídeo, criado pela agência de publicidade AlmapBBDO.
A marca usou o próprio canal no YouTube e sua conta no Facebook para se posicionar contra os comentários racistas. “Já faz bastante tempo que trazemos representatividade e diversidade para as nossas campanhas. E temos muito orgulho disso. Mas as reações que o nosso filme gerou só mostram pra nós que temos muito trabalho a fazer. A gente acredita no respeito a todas as pessoas e deseja que, em breve, isso não seja mais motivo de desconforto pra ninguém.”
Também na conta do Instagram, a marca postou um vídeo escrito “Representatividade Importa. Respeite a diversidade“, ilustrado com vários emojis brancos e negros.
Até a madrugada desta terça-feira (31), quatro dias após o lançamento, o vídeo já havia sido visto mais de 6,4 milhões de vezes. A campanha com a modelo Gisele Bündchen, feita há três meses, tem 8,9 milhões.
Em 2015, a marca fez uma comercial para o Dia dos Namorados que mostrava casais homossexuais e foi contestada no Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), que na época recebeu 30 reclamações que questionavam a moralidade da propaganda.

Um comentário:

  1. se tem so branco,criticam porque nao tem negro.
    se tem so negro criticam porque nao tem branco.

    que sociedade... que juventude que nois vivemos,uma juventude delinquente,alienadas que vai chegar um tempo que ninguem vai poder rir porque vai ser preconceito com os banguelos.

    ResponderExcluir

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações