Cantor de forró agride ex-esposa na frente do filho de seis anos - Blog Petrolina em Destaque

22 de ago de 2018

Cantor de forró agride ex-esposa na frente do filho de seis anos



O cantor Francisco Luciano dos Santos, vocalista da banda Brilhantes do Forró, agrediu a ex-esposa na frente do filho de seis anos em Natal, no Rio Grande do Norte, nessa segunda-feira (20). As imagens da agressão foram capturadas pelas câmeras de segurança do elevador do condomínio onde ele mora.
A vítima, Ana Augusta Josuá, de 24 anos, denunciou o ex-marido à Polícia Civil na manhã desta terça-feira (21), na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal. A delegada Renata Costa, responsável pelo caso, vai pedir à Justiça medidas protetivas contra o agressor.
As imagens da câmera do elevador mostram Ana sendo empurrada, agredida e tentando reagir. A atual companheira do músico tenta separar a briga, mas não consegue. Outra criança, além do filho do casal, também assiste a cena.
Procurado pelo G1, Francisco Luciano não atendeu às ligações. No Instagram da banda, ele escreveu: “Gente, estou bem graças a Deus quem me conhece sabe do meu coração, o pai o filho, amigo e profissional que eu sou o resto Deus e justiça resolvem” (sic).

CASAL ESTAVA SEPARADO HÁ TRÊS ANOS

Em depoimento à Polícia Civil, Ana conta que não é a primeira vez que o cantor a agride. “Ele me agrediu o casamento inteiro, inclusive na gravidez, mas eu era nova, tinha medo. Até que depois de cinco anos resolvi me separar”, contou aos amigos, pelas redes sociais. Em 2014, ela chegou a registrar um boletim de ocorrência, mas retirou a queixa.
Na segunda-feira (20), a jovem foi levar o filho ao condomínio do pai para que os dois passassem o dia juntos. Na local, questionou sobre o pagamento da pensão alimentícia, atrasada desde o dia 15 de agosto. Em entrevista ao G1, Ana conta que Francisco saiu do apartamento xingando, mandando sair de sua casa e empurrando a mulher para o elevador.
“Ele saiu de cueca e de camisa e já começou a me agredir. O pior de tudo foi meu filho presenciar”, relembra. “Ele bateu a minha cabeça no elevador, meu ouvido sangrou, porque ele bateu muito do meu lado direito do rosto. Fiquei com muitos hamatomas no braço, perto da boca, no olho, na nuca. Não consigo nem mexer”.
Ana fez exame de corpo delito no Instituto Técnico-Científica de Perícia (Itep). A delegada afirmou que irá ouvir as testemunhas da vítima.
Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações