Carro de som é contratado para atrapalhar protesto a favor da garota Beatriz - Blog Petrolina em Destaque

2 de ago de 2018

Carro de som é contratado para atrapalhar protesto a favor da garota Beatriz



Durante o protesto dos grupos “Somos Todos Beatriz” e “Beatriz Clama Por Justiça”, que cobravam do Poder Judiciário uma posição em relação ao pedido de prisão preventiva do funcionário do Colégio Maria Auxiliadora que teria apagado as imagens do circuito de câmeras da escola, um carro de som parou em frente ao local onde era realizada a manifestação e ligou o som em um volume alto, atrapalhando a ação

Segundo uma nota de indignação divulgada no grupo “Somos Todos Beatriz”, a mãe da garota Beatriz, Lucinha Mota, se dirigiu até o motorista e pediu que ele diminuísse o volume. O responsável pelo veículo disse que não podia porquê estaria sendo pago pelo Fórum.

Lucinha explicou que se tratava de um manifesto sobre o caso de Beatriz e pediu que ele desse uma volta no quarteirão. O motorista voltou a dizer que estaria sendo pago para fazer aquilo e que não poderia sair do local.

Foi quando aconteceu um absurdo ainda maior. A mãe de Beatriz questionou o proprietário do carro de som se o dinheiro valia mais que a vida e escutou um “sim”. “Tudo isso foi testemunhado por várias pessoas que estavam presentes no manifesto”, diz a nota.

“Essas atitudes nos deixam muito tristes. Continuamos indignados com a postura do Poder Judiciário e de algumas pessoas ou instituições que lhe representam ou que estejam prestando serviços. Não esperamos justificativas vazias. O que esperamos é eficiência, imparcialidade e celeridade do Poder Judiciário. O que gera a violência é a impunidade. Precisamos sentir firmeza por parte dos promotores da lei. A justiça é cega (por conveniência), mas a injustiça doe nos nossos olhos”, disse Lucinha na nota.

2 comentários:

  1. Eu tenho nojo de algumas arbitrariedades que ocorre em petrolina, todo esse sistema é corrompido!

    ResponderExcluir
  2. Olá a todos. Me chamo Jadiewerton Tavares, sou jornalista do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Pernambuco. Entro em contato para solicitar divulgação da carta aberta esclarecendo o ocorrido no Fórum com a palavra da entidade que promoveu o protesto com carro de som. Enviei e-mail. Haveria algum contato telefônico também? segue o meu 819 85980581.

    ResponderExcluir

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações