Mais de 100 detentos fogem de presídio; tenente pernambucano é morto em João Pessoa - Blog Petrolina em Destaque

11 de set de 2018

Mais de 100 detentos fogem de presídio; tenente pernambucano é morto em João Pessoa



Ao menos 83 detentos que escaparam de presídio de segurança máxima em João Pessoa seguem soltos após fuga na madrugada desta segunda-feira (10). No total, 105 presos fugiram da penitenciária Romeu Gonçalves Abrantes - PB1, que fica em uma área de mata próxima à praia do Jacarapé. Durante o confronto, um tenente pernambucano que estava lotado na Polícia Militar da Paraíba foi baleado na cabeça e morreu no hospital por volta das 11h. 

A  Secretaria da Administração Penitenciária da Paraíba informou que 22 detentos já tinham sido recapturados. Durante a escapada, houve confronto com policiais e agentes penitenciários.

De acordo com informações do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, o pernambucano Erivaldo Moneta da Silva, de 36 anos, morreu após ser baleado na cabeça na troca de tiros durante a fuga de presos da penitenciária de segurança máxima.

Erivaldo estava em um posto policial na rodovia estadual PB-008 quando, ao tentar conter a fuga dos presos, foi atingido por vários tiros. O pernambucano chegou a ser socorrido em estado gravíssimo e deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, às 2h56, mas não resistiu aos ferimentos.

A família de Erivaldo viajou para a Paraíba para buscar o corpo dele, que foi liberado pelo hospital no fim da manhã. Ainda não há informações sobre horários e locais de velório e enterro. O tenente era natural de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, e fazia parte do quadro Polícia Militar da Paraíba desde 2005. Erivaldo deixa pais, esposa e um filho recém-nascido.

Segundo a secretaria, a ação dos detentos teve ajuda externa. Um grupo armado com fuzis e explosivos atacou o presídio - o seu portão, de mais de 5 metros de altura, foi arrombado. As diligências para a recaptura dos presos prosseguem, e um inquérito policial foi instaurado para apurar a fuga. G1 Petrolina 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações