Empresário é preso acusado de encontrar ‘nudes’ em celular de cliente e forçar relação sexual - Blog Petrolina em Destaque

23 de out de 2018

Empresário é preso acusado de encontrar ‘nudes’ em celular de cliente e forçar relação sexual



Fernando Alves Sousa Coelho, proprietário de uma loja de telefonia, foi preso neste domingo (21), em Feira de Santana, suspeito de chantagear uma mulher usando as fotos íntimas armazenadas em seu celular.

O acusado teria proposto a vítima que tivesse relações sexuais com ele, e em troca, as fotos sensuais, conhecidas como “nudes”, não seriam divulgadas entre amigos e familiares.

A recepcionista de 34 anos, que não teve a identidade revelada, foi até a loja comprar um novo aparelho celular e deixou o antigo como entrada. Fernando prometeu que apagaria todos os arquivos antes de fazer a revenda, mas ao encontrar fotos da mulher nua, começou a fazer ameaças, assediar constantemente, além de ameaçar compartilhar nas redes sociais caso a cliente não aceitasse suas condições.

A vítima contou que conhecia o empresário de festas e foi até seu estabelecimento para aproveitar as promoções. Depois do dia 13 de outubro, as importunações começaram e ela foi obrigada a ir até um motel. Num momento de distração, ela ligou para a polícia e o acusado foi preso em flagrante.

“Eu fui para o motel na tentativa de convencê-lo a apagar minhas fotos. Ele não apagou e tentou me agarrar à força. Eu comecei a tremer e fiquei muito nervosa. Aí, ele disse para eu relaxar um pouco. Nesse momento, eu saí e liguei duas vezes para o 190. Na segunda vez fui atendida. Liguei também para meu advogado. Quando a polícia chegou, ele foi preso”, declarou em entrevista ao Acorda Cidade.

No momento em que os policias chegaram, Fernando pediu que a recepcionista esquecesse o ocorrido e lhe ofereceu R$ 1.900 para retirar a queixa, mas o pedido foi negado.

O advogado do empresário, Rosimáro Carvalho, alegou  que a recepcionista não teria como comprovar que o acusado a forçou a ter relações sexuais, além de acusar a vítima de ter forçado um flagrante.

Fernando alegou que recebeu o convite da recepcionista para ir até o motel e que, chegando lá, após o banho, ele foi surpreendido pelos policiais, que entraram no ambiente e efetuaram a prisão. (Varela Noticias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações