Ministério Público recomenda suspensão de concurso para PM e Bombeiros em Pernambuco - Blog Petrolina em Destaque

19 de out de 2018

Ministério Público recomenda suspensão de concurso para PM e Bombeiros em Pernambuco


Pernambuco Noticias 

O Teste de Aptidão Física (TAF) realizado para a seleção de candidatos às vagas nos concursos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Pernambuco foi considerado irregular pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE). O órgão recomenda suspensão imediata do certame pelo prazo de 90 dias.

De acordo com o documento, publicado nesta terça-feira (16) no Diário Oficial do MPPE, a irregularidade consistiria na disparidade na execução do exercício de flexão de braços na barra fixa em provação entre candidatos dos sexo masculino e feminino. Para as candidatas ao cargos de Oficiais da Polícia Militar, era exigida a permanência na posição durante 25 segundos. As que concorriam a uma das vagas no cargo de Oficiais dos Bombeiros Militares, deveria cumprir a atividade no tempo de 26 segundos.

Já no TAF dos candidatos do sexo masculino ao cargo de Oficiais da Polícia Militar, são exigidas cinco repetições de flexão na barra fixa. Para os candidatos a Oficiais dos Bombeiros Militares, são exigidas seis repetições de flexão na barra fixa.

Segundo a conclusão da recomendação, a realização do teste “quebra os princípios da isonomia e livre competição para os cargos públicos, importando em verdadeira discriminação em face das candidatas mulheres, em razão de a maior dificuldade do teste físico para as candidatas”.

O MPPE recomenda à Secretaria de Administração e de Defesa Social do Estado de Pernambuco a suspensão imediata dos certames pelo prazo de 90 dias e adequação do edital frente às considerações observadas pelo órgão. Ainda espera-se uma resposta, em até 5 dias, IAUPE, responsável pela realização das provas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações