O Dono e um funcionário da Caiaques do Vale, são indiciados pela morte do jovem Diogo Lira - Blog Petrolina em Destaque

9 de out de 2018

O Dono e um funcionário da Caiaques do Vale, são indiciados pela morte do jovem Diogo Lira



Dono e funcionário da ´Caiaques do Vale`, são indiciados pela morte por afogamento do jovem Diogo Lira, em Juazeiro.

A Polícia Civil de Juazeiro já concluiu o inquérito que investigava a morte por afogamento do estudante Diogo Lira Ferreira, 16 anos, ocorrida no feriado de 7 de setembro nas águas do Rio São Francisco, na Orla II de Juazeiro. Familiares e amigos que estavam com Diogo no dia do fato, acusam os proprietários e um funcionário da empresa Caiaques do Vale, de ter responsabilidade no afogamento do estudante. 

Após exatos 30 dias do ocorrido, procuramos a delegada Adelina Araújo, que comandou o inquérito policial, e ela nos informou que “o inquérito foi concluído e encaminhando ao Ministério Público com indiciamento por Homicídio Culposo de Eduardo Jorge Meireles, dono da Caiaques do Vale e também do funcionário Ramos Neto Costa.” 

Segundo um amigo de Diogo, eles haviam alugado o caiaque neste dia e decidiram atravessar o rio em direção à Ilha do Fogo. Chegando ao local, encontram dois amigos, que teriam subido na embarcação. O amigo contou que o caiaque chegou a virar duas vezes, e que o funcionário da empresa, ao ver que a embarcação havia virado, teria utilizado outra embarcação para alcançar os jovens e, irritado com o excesso de passageiros e pelo tempo limite já excedido, obrigando que ele e Diogo entregassem os coletes e todos descessem da embarcação. O amigo conseguiu alcançar a margem, porém Diogo não. 

No último dia 13, sétimo dia da morte do estudante, familiares, vizinhos e amigos de Diogo fizeram uma manifestação pedindo justiça para o caso. (Blog Preto No Branco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações