Moradores do Dom Avelar sofrem com estouramento de esgotos há um mês: 'lagoa de fezes' - Blog Petrolina em Destaque

28 de nov de 2018

Moradores do Dom Avelar sofrem com estouramento de esgotos há um mês: 'lagoa de fezes'



Moradores do bairro Dom Avelar, Zona Leste de Petrolina, estão há mais de um mês convivendo com esgotos estourados, o que acabou interditando sete ruas da comunidade. Na Avenida dos Minérios, formou-se um grande lago de água suja e fétida. Segundo a população, a Companhia Pernambucana de Saneamento foi procurada por diversas vezes, mas nada foi feito até o momento.
De acordo com a moradora Elieide da Silva, a população, que antes sofria pela falta de pavimentação no local, agora sofre pela falta de manutenção das redes de esgoto. Ela conta que, ao decorrer do dia, quando as pessoas vão utilizando água dentro de suas residências, a vazão é ainda maior. “Quando é por volta de meio dia isso aqui vira uma lagoa de fezes. A conta de água chega certa, mas já a manutenção não. A gente quer saber quanto tempo mais isso aqui vai durar. A gente sofria com a lama, ganhamos a pavimentação, mas tá isso aqui. É preciso respeito com a população desse bairro. Isso aqui não é brincadeira”, desabafou Elieide.

Para diminuir os impactos dos estouramentos, os moradores têm adotado medidas de convivência com a água suja. O senhor Josigley Silva - o Jota -, por exemplo, que tem um comércio no bairro, construiu uma espécie de ponte para que as pessoas pudessem transitar. “Eu ia ficar isolado”, explicou. Ele conta que a pavimentação da Avenida era um sonho antigo da população, mas que os órgãos estão sendo negligentes quanto à responsabilidade pelo saneamento do local. “É triste porque fica o impasse entre Prefeitura e Compesa. Quem sofre somos nós. A gente precisa de uma resposta de um dos lados”, afirmou.

Segundo o Gerente Regional da Compesa, João Raphael, Petrolina está sofrendo com diversos estouramentos de redes de esgotos. Ele explica que o órgão está realizando testes que tem por objetivo melhorar o abastecimento em toda a cidade e que isso desencadeou uma série de problemas, devido à “vazão mais alta e velocidade de água que dá o estouramento”.
Com os estouramentos em vários bairros, houve, ainda, o interrompimento no abastecimento de água em cerca de 65% da cidade, na última semana, mas que a situação já foi normalizada. Bairros mais distantes e periféricos, como Henrique Leite e Pedra Linda, foram os mais afetados.

Quanto ao saneamento do bairro Dom Avelar, o gerente informou que o valor de $38 milhões, oriundos de um empréstimo, não foram ainda liberados pela Caixa Econômica Federal por falta de segurança, já que a Compesa pode não ser mais a empresa responsável pelo abastecimento de água e saneamento básico em Petrolina, depois que travou um embate com a Prefeitura Municipal, que abriu uma nova licitação para o fornecimento dos serviços. Fonte Site da Grande Rio: por Gabriela Canário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações