Marília Arraes isenta PT da culpa por aumento no combustível: 'tínhamos o controle' - Blog Petrolina em Destaque

29 de mai. de 2018

Marília Arraes isenta PT da culpa por aumento no combustível: 'tínhamos o controle'



“A gente via muita gente batendo panela, colocando adesivo preconceituoso nos tanques de gasolina do carro ou ofendendo a presidenta Dilma. E hoje a gente vê a gasolina a cinco reais e ninguém falando nada quando naquela época era $2,69”. Essas são as observações da vereadora do Recife e pré-candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes (PT), sobre a atual situação com a crise dos combustíveis em todo o Brasil. Para ela, o Governo Federal entregou o patrimônio ao Mercado Internacional, deixando a população refém de uma economia equivocada.
Para a petista, o papel dos meios de comunicação é fundamental para o conhecimento geral da sociedade, tendo em vista que, em momentos oportunos como este, é fácil utilizar-se de falsos discursos para persuadir a população. “Eu tenho visto muito político por aí fazendo discurso fácil de resolver o problema, que propõe baixar impostos. Mas é importante a gente saber o que está acontecendo de fato. A gasolina aumentou por conta do que está acontecendo na Petrobrás. A política de preços praticada agora transformou a cotação da gasolina como se fosse a cotação do dólar: varia de acordo com o mercado internacional”, explicou Arraes.
Ela nega que o Partido dos Trabalhadores tenha influência com relação ao aumento do preço dos combustíveis e que, no Governo de Dilma Rousseff, os índices eram dentro da normalidade, culpando a saída da presidente e atual gestão nacional pela elevação nos valores. “Nós tínhamos o controle. O estado nacional brasileiro tinha o controle sobre esses preços. Mas desde que houve o golpe contra a presidenta Dilma que esse governo de Michel Temer começou a entregar o nosso patrimônio nacional e a abrir mão de várias nuances do estado que significavam a soberania. Não podemos admitir que isso aconteça”, enfatizou Marília.
A pré-candidata completa acrescentando que “o que está acontecendo é devido a permissão de exploração do petróleo por estrangeiros e pela entrega de controle de preço ao Mercado Internacional”, o que, segundo ela, não aconteceu com o PT. “É só avaliar quantos aumentos houve nos últimos dois anos: mais de 200. E quantas vezes a gasolina aumentou durante o governo do PT? Então existia sim um controle de preços e se pagou muito caro para se manter esse controle sobre o nosso patrimônio que é o petróleo”, finalizou. Nossa Voz/Grande Rio 

Um comentário:

  1. Tínhamos o controle!!! kkk

    Só se fosse o controle da associação criminosa!
    É um absurdo querer dizer que a situação na qual o Brasil se encontra hoje foi culpa das manifestações da população. A situação atual é fruto da irresponsabilidade governamental e oportunismo político. É querer maquiar a situação e ainda se colocar como vítima. O problema do Brasil não é a política, o problema do Brasil são as pessoas mal intencionadas, corruptas e sem honestidade que fazem uso da política como meio de obter vantagens em benefício próprio ou de seus afins. Está errada a senhora Marília Arraes ao isentar o PT da alta dos preços de combustíveis, tendo em vista o protagonismo desse partido no que se refere a esse assunto, só pra ter um flash de ideia cito alguns pontos: a) Compra da refinaria de Pasadena (mais informações: https://oglobo.globo.com/economia/entenda-polemica-da-refinaria-de-pasadena-22372074); b) Refinaria para Bolívia, parte I, na qual o Brasil levou calote (https://economia.estadao.com.br/noticias/mercados,brasil-vai-reformar-usina-por-r-60-milhoes-e-doar-para-bolivia,1660205); parte II (http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/editoriais/lula-o-entreguista-5um32kr7bb2vozm4ag8dc12jy); poderia citar aqui uma dezena ou centena de tópicos, mas espero que vocês vão atrás das informações, afinal ela é livre. Portanto, não demoramos mais que dez minutos para tomar conhecimento desses fatos, a forma como o governo agiu o torna mais do que responsável por essa situação. Agora, se você brasileiro, vem com o seguinte argumento: ele roubava mais pelo menos ele fazia alguma coisa pelo povo. Desculpe-me, mas me sinto envergonhado com a sua ignorância.

    ResponderExcluir

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações