Petrolina beira 100% dos postos sem combustível e sem previsão para reabastecimento - Blog Petrolina em Destaque

29 de mai. de 2018

Petrolina beira 100% dos postos sem combustível e sem previsão para reabastecimento


Com a maioria dos postos com estoques zerados e os que ainda tem combustível apresentando filas quilométricas de motoristas em busca de gasolina e etanol, Petrolina apresenta um colapso no fornecimento desses produtos e não tem previsão de reabastecimento. Algumas unidades ainda possuem diesel comum ou aditivado, mas em pequena quantidade. Na manhã de hoje (28), um posto localizado na entrada da Estrada da Banana, no Antônio Cassimiro, ainda comercializava gasolina na cidade. Era o único que ainda mantinha estoque na cidade, mas já acabou. 
Recebendo constantemente as listas através do Whatsapp dos postos na cidade que não possuem mais gasolina, a reportagem do Nossa Voz entrou em contato com as unidades locais para confirmar a situação. Foi possível contatar os seguintes locais que confirmaram a falta de gasolina e etanol:
– Posto Distrito BR
– Posto Asa Branca
– Posto Marvel
– Big Brother
– Catavento
– Paizão
– Postos Raul Lins
– Posto Reis
– Posto Ambiental
– Posto integração
– Posto Santa Clara
– Posto Orla 1 bandeira branca
– Postos ALE Gené 1, 2, 3 e 4
– Postos Horizonte (Estrada das pedrinhas)
– Petro Posto (Avenida Monsenhor/Areia Branca)
– Posto Leão do norte
– Posto Nossa senhora de Fatima
– Posto Serve Bem/Ambiental
– Posto Serve Bem/Rodoviária
– Posto Shell Delta (Avenida Honorato Viana)
– Posto Shell/distrito
– Posto São Francisco
– Postos Itamarati
– Posto Quati
– Posto Cacheado
– Posto BR/Estrada da Banana
– Posto da Avenida Tancredo Neves (próximo à Compesa)
– Posto River Shopping
– Posto L3 
Segundo o integrante do bloqueio de caminhões situado na Estrada do Burrinho, José Orlando, mesmo com as medidas anunciadas pelo Governo Federal, a categoria não vai desistir da mobilização. “Até eles resolverem os nossos problemas não vamos parar não, não vamos dar brecha para ele não. É o Brasil inteiro lutando por um objetivo só. A greve deve continuar, o que foi oferecido foi pouco demais. Ele (Michel Temer) ofereceu R$ 0,46 a menos no diesel e a gasolina e o álcool não são combustíveis não? Tem que abrir trégua, nós queremos é tirar ele de lá. A nação brasileira precisa tirar ele de lá. Tem que reduzir o combustível em geral, a nação inteira está sendo prejudicada”, reforçou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações