Usuárias reclamam de erros no funcionamento da Zona Azul, em Juazeiro-BA - Blog Petrolina em Destaque

4 de ago de 2018

Usuárias reclamam de erros no funcionamento da Zona Azul, em Juazeiro-BA



Usuárias da Zona Azul, em Juazeiro-BA , estão reclamando de erros, que segundo elas, parecem comuns no Sistema de Estacionamento rotativo. De acordo com elas, infrações irregulares estão sendo aplicadas nos condutores, pelas funcionárias da empresa responsável pelo serviço, a Sinal Park.

Em entrevista ao portal Preto No Branco, a jornalista Gabriella Canário relatou que na tarde de ontem (02), estacionou seu veículo na Rua Oscar Ribeiro e foi multada 14 minutos após pagar por uma hora de estacionamento. “Oferecer um serviço ineficaz é, sem dúvidas, um desperdício. Do nosso tempo, do nosso dinheiro e de como a arrecadação poderia estar sendo utilizada. O sistema não é confiável. Fui notificada quando estava dentro do prazo previamente pago no espaço de estacionamento destinado à Zona Azul”, reclamou a usuária.

Gabriella disse ainda que ao perceber o erro, procurou por uma funcionária que estava no local e a mesma, após entrar em contato com a supervisora, informou que a condutora precisaria ir até a sede da empresa para resolver a situação. “É um contra-tempo. Eu tive que me deslocar e usar do meu tempo por um erro tão tolo. Perdi meu tempo indo à sede para contestar um direito”, acrescentou.

Ainda de acordo com ela, apesar do erro ter sido registrado e a multa retirada, a mesma também não teve um atendimento adequado na sede da empresa. “A atendente apenas xerocou meus comprovantes e disse que estava tudo resolvido. Eu nem precisei explicar o que havia ocorrido. Quando apresentei o comprovante, parecia que eles já estavam acostumados com esse tipo de situação. Não me explicaram nada e nem ao menos pediram desculpas pelo fato”, reclamou.

Para Gabriella a situação é motivo de indignação, pois assim como ela, muitos condutores já foram vítimas desse e de outros erros do sistema. “É inadmissível que se preste um serviço como este com tanta ineficiência. O transtorno é imenso e estamos pagando por algo que nem funciona bem”, destacou Gabriella Canário.

O PNB também ouviu relatos da jornalista Alinne Torres sobre erros no funcionamento do sistema. “Uma vez, eu e meu esposo estacionamos no centro, próximo ao Camelódromo e fizemos o pagamento no parquímetro. Quando voltamos estava a multa, dizendo que a gente não tinha pago pelo estacionamento. Falamos com a funcionária que após verificar no sistema viu que estávamos no prazo e retirou a notificação”, relatou.

Ela contou ainda que em outra ocasião, precisou pagar para que a empresa retirasse uma multa indevida. “Outra vez nos multaram dentro dos dez minutos de toletolerância e pra retirar a notificação, meu esposo teve que pagar R$15,00”, disse Alinne Torres.

O PNB está encaminhando as reclamações das usuárias para a Prefeitura de Juazeiro, responsável por implantar e fiscalizar o serviço no município.

Abaixo-assinado

A forma como o Serviço de Estacionamento rotativo está funcionando atualmente, em Juazeiro, vem sendo questionada por Carlos Neiva, pré candidato a deputado estadual e pelos empresários Alessandro Aelio Bacelar e Antonio Carlos Freitas.

Após encaminharem um  ofício ao Ministério Público Estadual (MPBA), solicitando uma apuração sobre a utilização do  valor arrecadado pela empresa e repassado para a prefeitura, eles também criaram ontem, um abaixo-assinado on-line cobrando transparência no serviço.

Clique aqui e veja o abaixo-assinado

Em resposta à Carlos Neiva, a Prefeitura de Juazeiro, através do secretário de Comunicação da gestão, Paulo César Carvalho, emitiu nota dizendo que a denúncia do ex-secretário aponta incoerência.

“Neiva era secretário na implantação do Zona Azul, participou de reuniões e elogiou o projeto. Agora está na oposição e muda de ideia por puro oportunismo político. A Justiça já condenou por litigância de má-fé outro oposicionista que fez acusações infundadas sobre o Zona Azul. É lamentável que Neiva, na ânsia de ganhar votos, entre na política pela porta dos fundos, demonstrando incoerência, negando quem é e o que fez”.

O sistema

O Serviço de Estacionamento rotativo é executado pela empresa Sinal Park. Atualmente o centro de Juazeiro possui mais de 2 mil vagas de estacionamento rotativo, sendo 5% do total de vagas destinadas para idosos e 2% para pessoas portadoras de deficiência. Para estacionar por 1h, é cobrado o valor de R$1,50 para carros e R$ 0,75 parea motos. Os veículos poderão permanecer no estacionamento rotativo até duas horas.

Durante o estacionamento, caso o pagamento não seja realizado no prazo estipulado, a notificação será transformada em multa no valor de R$ 195,23. Fonte Portal Preto no Branco Sibelle Fonseca 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..

Total de visualizações